17 de ago de 2014

A Nova Integrante Da Fairy Tail - Capítulo 2 : Emi-Chan

Acordei de madrugada, olhei no relógio e percebi que eram três horas. Levantei cambaleando e fui até o banheiro, percebi meu cabelo desgranhado e o penteei. Coloquei um vestido branco e uma jaqueta em um tom marrom parecido com rosa. Saí de casa e guardei a chave em um lugar seguro, caso eu acabasse perdendo a mesma. Caminhei um pouco, tentando afastar os meus pensamentos..Tudo estava tão confuso, realmente meu passado me atordoava. Quando percebi, já estava na praia, sob as luzes noturnas, parecendo um filme, ou até mesmo uma novela mexicana. Andei até a beira, molhando meus pés nas finas ondas que o mar se formava. Desde pequena, a praia sempre foi meu repouso, me lembro de quando ficava brava com minha tia porque tinha de ficar um pouco no sol, para não acabar virando um peixe de tanto tempo que eu ficava na água. Sorri em meio pensamentos..Até que senti um toque em meu ombro, mas de alguma maneira, já sabia quem era.
-Mana? - Fiz uma breve pausa - Emi? - Não acreditara no que via. Minha irmã gêmea a estava ali, vestindo um moletom de gola alta, um gloss labial e alguns curativos no rosto. Sim, eu tenho uma irmã.


-Ohayo. - Ela me respondeu com um sorriso amarelo.
-O que faz em Magnólia? - Perguntei para ela.
-O pai e a mãe mudaram para cá. Eles te acompanham desde o incidente da Oracion Seis.. E bom, eu vim junto. Você sabe muito bem que apesar de sermos gêmeas, não tenho todos seus poderes. Sou apenas uma maga celestial, assim como a mãe.
-P-porque você não vem para minha guilda? Seria bom minha irmã lá comigo! - Sugeri a ela, que me fitava atônita.
-A-acho que não teria problemas. Mas existe outra maga celestial lá? - Ela me perguntou.
-Isso não sei ao certo..Foi apenas meu primeiro dia lá. Mas porque não vamos lá, e descobrimos juntas? Dorme na minha casa e vamos lá amanha. - Respondi.
-Pode até ser..Me empresta suas roupas?
-É claro, irmãs servem para isso.
Sabe, acho que não foi tão ruim assim ter entrado para Fairy Tail.. Minha irmã agora está comigo, então o que é para ser, será. Não tenho mais medo de usar mais poderes em público. E acho que meus "colegas" pensam isso também. Acabamos por voltar juntas, apresentei minha casa a ela e a convidei para entrar. Sorri quando fui para o meu quarto e me trocava, enquanto via ela comendo um sorvete que achou na minha geladeira. Realmente, eu amava essa gorda.
-Cuidado pra não encalhar. - Disse em tom de sarcasmo.
-Inveja mata querida - Mandou um beijo no canto de seu ombro.
-Obesidade também - Acabamos por rir juntas. Até ouvir um som vindo da sacada. - Um ladrão? Não pode ser.. - Fui interrompida por mais um som. - Vou até lá. - Segui caminho até sacada, onde percebi Cana e Bachhus na calçada, atirando pedras na vizinhança. -YO CANA! - Ela se virou para mim, bêbada como sempre. - Dá para parar de querer sumir com as casas? - Minha irmã se aproximou.
-Acho que eu estou bêbada demais, estou vendo duas Yumis. - Ela disse, tonta.
-Ela é minha irmã-gêmea! - Gritei para Cana.
-Ah ta explicado. Qual seu nome, ô gêmea da super-poderosa?
-Emi. - A maga celestial se pronunciou.
-Yumi e Emi..Uma dupla imbatível, ou é uma power-ranger junto com uma maga?
-É a segunda opção. Sou uma maga celestial - Minha irmã está me excluindo?!
-Ah ta, Lucy vai adorar te conhecer - Cana disse, vai rolar treta.
-Pera..Lucy...Lucy Heartphillia? - Cana concordou - A garota mais rica de todo Japão? Uma das top 10 magas celestiais mais fortes? A única que já invocou todos seus espíritos de uma só vez? - Cana fez que sim - Ela é da fairy tail? Junto com minha maninha querida de todos coração? - Ela me abraçou por trás.
-É é, agora vamos Cana, precisamos ir pra boate. - Bacchus finalmente existiu.
-Achava que tu tava morto, não falou nada - Falei (N/A: Lê-se Gritei)
-É, corta essa ô srta. Todos elementos. - Falou enquanto espichava a língua. Retribuí o lindo gesto de gentileza.
-To indo,a gente se fala amanhã. - A morena falou.
-Até! - Eu e minha irmã gritamos em uníssono, enquanto víamos eles saíram.
-Sua guilda parece ser legal. - Emi me disse.
-É..Eu acho que eles são bem..Interativos.
-Parecem ser gente-boa. - Ela fez uma pausa - Bom, eu vou dormir. Pode me emprestar um pijama?
-Pode escolher um - Disse apontando para o armário.
-Arigato.
Peguei uma camisola de regata, fui ao banheiro e me troquei, enquanto minha irmã estava no quarto. Coloquei um lençol sob a cama de casal, arrumei os travesseiros e me aconcheguei ao lado de Emi. Fiquei algumas horas pensando que, por algum motivo, essa seria uma guilda na qual finalmente poderia ficar, por um longo tempo.

                                         

Nenhum comentário

Postar um comentário