4 de set de 2014

As long Stars are Above Yoy - Summer

É uma tarde ensolarada, as nuvens nem sequer aparecem no meio do céu. Acordei com o despertador do meu celular vibrando embaixo de meu travesseiro. Levantei de leve minha cabeça e ouvi uma voz familiar..Akira..
-Finalmente, bela adormecida - Falou em tom de deboche..Argh, eu realmente odiava meu irmão!!
-E você é exemplo, né Akira? - Respondi irônica
-Seu sarcasmo me comove, maninha.  -ele vai morrer.
-Não me chame de maninha, baka. Temos a mesma idade.
- Se levanta logo, você não quer passar o primeiro dia de aula do internato dormindo, não é? - Merda, eu tinha esquecido.
-Mas nós já estamos no internato, vivemos aqui agora sabia? - Dei uma pequena pausa e ele concordou-Ainda não entendo porque dividimos o mesmo quarto.
-Eu acho que só dividimos o quarto para termos uma experiência melhor juntos..Você sabe, irmãos normalmente convivem nas mesmas casas. Mas as eu ainda queria trocar de companheiro.
-Talvez esse ano possamos, não acha?
-Tomara.
-Quantas horas faltam para a aula?
-Três. O que você quer fazer?
-Vamos para a praia? Água ainda é nosso elemento.

-Okay.
-Vou chamar a Len, a Dianna e a Milena. Que garotos você vai chamar? Ah, não pode chamar o Ichiro.
-Então vai o Hayato e o Takashi...Mas, porque não posso chamar o Ichiro? - Eu o encarei - Esperai, você gosta dele que eu sei - Corei.
-E-e-eu não gosto dele, só não quero um garoto violento com a gente.
-Mas você vai estar lá!
-Eu sou mulher, seu cabeça-oca!
-Ainda tenho minhas dúvidas.. -Me encarou com uma cara pervertida.
-Incesto ¬ ¬'  Vou me arrumar.
Caminhei até o armário e o abri, peguei o meu biquíni preto estilo tomara-que-caia, um chinelo branco e uma canga, também branca. Fui até o banheiro, fechei a porta e prendi meu cabelo em um rabo-de-cavalo, com uma borrachinha preta que estava no armário. Me despi e coloquei meu traje-de-banho. Peguei meu celular e coloquei no grupo do whatsapp que tínhamos criado.
"Oi débeis, eu vou ir para a praia agora. Vocês vêm?" -Mandei para elas
"Parece divertido, vou colocar meu maiô aqui."' - Dianna foi a primeira a responder
"Idem" - Digitou Milena
"Ah... Ta eu vou, não quero ficar sobrando" - Len finalmente existiu!!
"Okay, o Takashi, o Hayato e o Akira também vão, se arrumem" - Coloquei
"Ah, então ta tudo bem eu passar mico na frente do Hayato, mas a srta. Coragem não convidou o Ichiro?" - Porra Len!
"Vsf. Se arrumem logo" - Desliguei o aparelho e esperei o Akira.
Quando ele saiu, fomos para a garagem e entramos no carro, uma pajero TR4 prata, com estofamento de couro, calotas nos pneus e um porta-malas médio. O Akira foi dirigindo, e eu fiquei acomodada no banco do lado, olhando para o vidro e ouvindo as melodias que assombravam o rádio. O sol estava radiante, até demais.. Deveria de ter pego meu óculos de sol. Passou um tempo e já havíamos chegado. Avistei, ao longe, uma menina de cabelos cinzentos e um maiô azul água, preso em apenas duas tiras no pescoço. Era Len.
-Yo, Len-Chan!! - Acenei para ela, e outras duas garotas surgiram atrás dela. Uma morena com corpo escultural e um maiô idêntico ao de Len, mas estilo tomara-que-caia. E ao seu lado, uma garota de cabelos castanhos-claros com mechas louras, com uma cintura bem-definida e um biquíni que estava com a parte de cima azul e a debaixo preta..Milena. - Yo, Mi-San, Di-San!! - Elas me acenaram de volta.
-Yuriko-San!! - Gritaram em uníssono, e eu segui para perto das três.
-Nossa - Falei em tom de surpresa, um pouco mais prolongado na primeira sílaba, para que desse um ar de alegria - Já no primeiro dia de aula e as três me aparecem assim? E eu aqui, que engordei dois quilos! - Elas riram.
-Ah, que isso Yuri! Eu engordei cinco quilos! - Disse Milena..
-Parece que tem quarenta e sete quilos, de tão magra. - Respondi.
-Cinquenta e dois na verdade.
-Do mesmo jeito, eu tenho cinquenta e nove! Me sinto gorda. - Falei enquanto escondia minha vergonha na canga.
-Desculpa me intrometer no papinho, mas aquele não é o Ichiro-Kun? - Disse Dianna, apontando para um garoto moreno, com cabelos pretos e poucos vestígios de barba no queixo. Quando percebi, ele estava se aproximando.
-Kya!! Me esconde Len-San!! - Supliquei baixinho.
-Porque convidou o Hayato? Tem sua consequência! - Disse ela, me empurrando para perto do garoto.
-Yo..Yuriko?! - Ele me disse meio surpreso, me analisando, curva após curva, me fazendo corar - Tá bonita hein?
-A-a-a-arigatou. O que faz aqui Ichiro?
-O Akira me convidou. - Meu irmão vai morrer hoje.
-Pensei que só vinha o Takashi e o Hayato junto com ele.
-Ele te passou a perna - Ele gargalhou e eu o encarei séria.
-Enfim, to indo, vou ficar com as garotas hoje. Matane Ichiro-Kun. - Estava me retirando, quando senti um puxão no meu braço, onde Ichiro me aproximou dele e pôs sua mão em minha cintura - O-oque você está fazendo?
-Queria ficar com você hoje, Yuriko-San. - Corei mais ainda.
-Ah, tudo bem para vocês garotas? - Perguntei alto, meio que suplicando para que elas pedissem minha presença, para acabarem com minha vergonha.
-Nhá, que isso Yuri, pode ficar com o Ichiro-Kun, ele é uma boa pessoa, mesmo sendo violento. - Maldita Len. O Ichiro me puxou até a beira do mar, mas ao passarmos por Len eu dei um soco no braço dela e sussurrei em seu ouvido "vai ter volta".
-Então Ichiro - Chamei sua atenção parecendo calma, mas na verdade estava com uma mistura de nervosismo e medo - Pra que você me chamou?
-Ah - Ele corou - É que eu gosto de você..Amiga - Me deu um "soquinho" no ombro, que na verdade doeu pra caralho.
-Eu também gosto de você Ichiro. - Dei um sorriso amigável para ele.
-Ah, okay.
-Já volto, vou no Quiosque da tia Zuleica para pegar minha prancha, quer uma?
-Não sei surfar.
-Eu te ensino, vem- Puxei-o pelo ombro.
-Tia Zu!! - Ela chegou perto do balcão. Minha negra de cabelos leãozinho gordinha preferida. - Eu queria duas pranchas. - Ela foi para dentro do Quiosque.
-A sua é a prata, e a do garoto?
-Preta.
-Aqui está - Ela me disse, me entregando as duas pranchas.
-Vamos? - Perguntei ao Ichiro, entregando sua prancha.
-Eu to confiando em você, entendeu? - Ele me respondeu.
-Não esquenta, o meu elemento é água, esqueceu?
-Hm..E eu sou o fogo, não tenho muita habilidade pra isso não.
-Para de palhaçada e entra na água.
Ele entrou e levou a prancha junto, eu deitei a prancha sob a água e pedi que ele subisse em cima, depois de posicioná-lo o mandei seguir meus paços. Subi na minha prancha ao lado e comecei a remar, até chegar uma onda. Ele estava indo bem para um novato. Subi na prancha, com os dois pés bambos, e ajudei ele a se levantar. Passou algumas ondas e ele já estava dominando bem.
-Viu, eu disse que não era difícil?
-Na verdade é que tudo que eu faço com você fica mais divertido. - Corei e ele riu. Mas eu senti um pingo de chuva caindo sob minha face.
-Acho que já está na hora de irmos..Está chovendo.
-YURIKO, vem logo porra!! - Que irmão mais delicado.
-JÁ VOU!! - Gritei de novo. -Você vem?
-Claro. Mas na próxima vez você vai ter que aprender alguma coisa no fogo.
-Quem sabe hoje na aula? Falta uma hora ainda.
-Tempo só de tomar um banho e sair correndo. Morar no outro lado da cidade tem suas desvantagens.
-Pode vir pra minha casa, ela é perto e te da mais vantagem. É só tomar banho depois que eu e comer um café-da-manhã.
-Arigato Yuri-San.
Fomos para minha casa, nos arrumamos e nos mandamos como almas-penadas até a escola. Que o ano letivo comece.
                   

Nenhum comentário

Postar um comentário